blog

Grain: Imperfection is beauty

[ENGLISH] Street photographer Eric Kim has recently made the following claim on why several photographers add grain to their digital photographs: "I think one of the biggest reasons why we love grain, the look and aesthetic of film, is because imperfection is beauty." He goes even further: "With most modern digital cameras, the photos are too crisp. Too sharp. Too perfect." I partially agree with him and I note that grain adds texture to the image. Photographer Sebastião Salgado, for instance, always felt that modern digital imagens are too flat, that they lack volume and texture. When he started shooting with digital cameras, he hired a French company to develop for his digital images the same grain he used to have in this film photographs, which were mostly shot using the Tri-X film. Finally, I note that grain looks better on print than on images viewed on computers and mobile devices screens. 

[PORTUGUÊS] O fotógrafo de rua Eric Kim recentemente afirmou, ao comentar sobre o uso de grão em imagens digitais, que gostamos da estética granulada das imagens analógicas porque imperfeição é beleza. Para ele, as imagens produzidas pela maioria das câmeras digitais modernas tendem a ser excessivamente nítidas e excessivamente perfeitas. Eu concordo parcialmente com suas colocações e noto que o grão adiciona textura às imagens. O fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado sempre achou as imagens digitais muito planas, sem volume e sem textura. Quando de sua migração para o mundo digital, ele contratou uma empresa francesa que desenvolveu para suas fotografias digitais o mesmo grão que suas imagens analógicas costumavam ter quando ele usava o filme Tri-X. Por fim, noto que o grão é visualmente mais agradável em imagens impressas que em imagens visualizadas em telas de computadores e dispositivos móveis.   

Photo / Foto: Francisco Cribari. 

Photo / Foto: Francisco Cribari.